Legislativas 2015. PàF vence no distrito

Legislativas 2015. PàF vence no distrito

By: Região de Leiria

Legislativas 2015. PàF vence no distrito e BE reelege um deputado

A coligação Portugal à Frente convenceu o eleitorado do distrito de Leiria e elegeu seis deputados. O BE foi outro grande vencedor da noite eleitoral ao conseguir a reeleição de Heitor de Sousa, depois da perda de mandato em 2011. Já o PS mantém os três deputados que elegeu há quatro anos.


Pelo PS, foram eleitos deputados Margarida Marques, António Sales e José Miguel Medeiros.
Pela PàF, deverão assumir lugar na Assembleia da República Teresa Morais (PSD), Feliciano Barreiras Duarte (PSD), Pedro Pimpão (PSD), Assunção Cristas (CDS-PP), Margarida Lopes (PSD) e José António Silva (PSD).

A coligação colheu no distrito 115.453 votos, representando 48,42% dos boletins validados, segundo dados (provisórios) apurados esta noite. Comparando com a votação de 2011 no PSD e no CDS-PP, que totalizava 148.691 votos, a PàF “perdeu” 33.238 votos.

Venceu contudo em 13 dos 16 concelhos do distrito, tendo o PS garantido mais votos apenas em Castanheira, Marinha Grande e Nazaré.

Com 59. 184 votos (mais 7.681 do que em 2011), o PS conquistou, por sua vez, 24,82% das preferências do eleitorado.

Já o BE convenceu 9,66% dos leirienses, garantindo 23.034 votos, mais 9.683 do que há quatro anos.

Apenas 168 votos separam o resultado obtido pela CDU nestas legislativas face a 2011. Esta noite garantiu 12.181 votos. Há quatro anos, obteve 12.349.

Quanto à abstenção, e a exemplo do balanço nacional, também subiu no distrito. Se em 2011, 41,50% dos eleitores não exerceram o seu direito de votos, este ano 43,74% não foram às urnas.

Festa e desilusão

Para a cabeça de lista da PàF, os resultados devem-se à “campanha muitíssimo intensa” que foi feita no distrito. Teresa Morais sublinhou que a 10 de setembro, ainda em pré-campanha, a candidatura já tinha percorrido os 16 concelhos e que, a alguns, regressaram várias vezes.No final da noite, quando já era conhecida a eleição de seis dos 10 deputados pelo círculo eleitoral de Leiria, Teresa Morais referiu-se a “uma vitória estrondosa” da coligação Portugal à Frente.

Sobre a hipótese de vir a ocupar novamente um cargo no Governo e a não assumir o lugar de deputada, Teresa Morais nada adiantou. Afirmou que “não antecipa cenários”, apenas promete que, onde quer que esteja a seguir às eleições, estará “a trabalhar com seriedade por Leiria e pelo país”.

Entretanto, a noite acabou cedo na sede do PS. Margarida Marques foi uma das primeiras candidatas a sair, cerca das 22h30, sem discursar.

À imprensa, destacou contudo a subida, no distrito, da votação no PS em cerca de 5% face às eleições de 2011 e uma descida de 11% para a coligação, comparativamente aos resultados obtidos há quatro anos pelo PSD e pelo CDS-PP.

“É evidente que o PS tinha uma expectativa diferente. Quando se candidata, candidata-se para ganhar, para ser governo e para ter uma mudança na sociedade portuguesa. Esperamos que essa mudança possa vir a ocorrer, mas há de facto uma derrota do PS, que não conseguiu atingir o seu objetivo”, referiu.

Quase à mesma hora, era confirmada a eleição de Heitor de Sousa como deputado do BE pelo círculo de Leiria.


Consulte todos os resultados do distrito de Leiria em 
regiaodeleirialegislativas2015.blogspot.pt.O regresso ao parlamento de deputado que o BE tinha perdido em 2011 foi festejado com champanhe à porta da sede. “O resultado foi espetacular”, considerou Heitor de Sousa em reação aos resultados do BE no distrito (9,66%). Trata-se do “cumprimento dos objetivos que nos propusemos atingir que era recuperar uma voz na Assembleia da República”, acrescentou.

DETALHES DA NOTÍCIA

Data: 5 de outubro de 2015


Local: Leiria


Evento: Eleições Legislativas 2015


    • Categories: Legislativas 2015, Leiria, Nacional, Notícias