Para quando o cartão vermelho?

[dropcap size=”500%”]V[/dropcap]

olvidas semanas de governação de esquerda parece-nos agora, que acabaram por estragar a prenda de natal oferecida pelo nosso Presidente da República, de facto nem dois meses após tomar posse, este governo conseguiu a proeza de destruir uma pequena almofada que a tantos portugueses deixava confortável.

Pois agora, sabendo que são capazes de gastar em menos de dois meses um montante amealhado durante quatro anos, é aterrorizador pensar quanto podem gastar num mandato de quatro anos, advinha-se aumento do défice e consequente aumento da divida pública externa, e neste momento com esta política de despesismo é mais que legitimo os creadores voltarem a interrogar Portugal acerca da capacidade de cumprimento das suas obrigações, advinha-se assim também aumento de juros dos empréstimos e mais dinheiro teremos que desembolsar.
O que ainda não podemos adivinhar é o timing exacto para termos de pagar tudo isto, mas quando acontecer de certo voltarão os tempos austeros de 2011, caindo completamente por terra todo o esforço dos portugueses até à data.
Pergunto então onde está a revolta social dos que incessantemente condenaram a austeridade como solução, quando essa mesma austeridade está mesmo ao virar da esquina, pergunto assim, para quando está o cartão vermelho ao governo?

Jorge Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *