INPombal: a visão da JSD para a Casa Varela

[dropcap size=”500%”]N[/dropcap]

o seguimento daquela que tem sido a prática dos últimos anos, a JSD Pombal continua a trilhar um caminho de proactividade com a apresentação sistemática de propostas para Pombal e, em especial, para a melhoria das condições de vida dos jovens pombalenses. Há praticamente 4 anos, a JSD antecipou-se àquela que viria a ser a opinião pública e a acção da Câmara Municipal e propôs que a Casa dos Varela (à data mas mãos de privados, vindo posteriormente a ser adquirida pela CMP) alojasse a já antiga pretensão da JSD, a criação de uma Casa da Juventude. Um espaço de cariz essencialmente lúdica, recreativa e cultural. Quatro anos volvidos as necessidades dos jovens portugueses alteraram-se e, os jovens pombalenses não são excepção, assim a JSD decidiu alterar a sua proposta e apresentar um novo e ambicioso projecto para Pombal, a que deu o nome de INPombal: inovador, inclusivo e integrado. Esta proposta subdivide-se na prática em duas subpropostas, uma destinada à Casa dos Varela e outra ao Celeiro do Marquês.

“O Armazém” (nome inspirado na história do edifício) é o nome proposto para aquilo que a JSD sugere para o edifício Varela, um espaço virado para aquele que é o desafio premente da actual geração, a criação de emprego, o Empreendedorismo e a inovação. Assim a JSD quer que este espaço tenha no primeiro piso o gabinete de apoio ao emprego e ao empreendedor, bem como um espaço de restauração. Para o segundo piso a JSD propõe um espaço de Co-Working, um conceito moderno que está muito em voga e que não é nada mais nada menos que um espaço de partilha de recursos, em que através de uma secretária, acesso à internet, telefone e apoio administrativo os vários utilizadores dos espaço desenvolvem os seus respectivos negócios, a troco de um pagamento acessível. Este conceito insere-se na perfeição no edifico Varela já que o mesmo se encontra centralizado e próximo de transportes. Já para o o terceiro piso propõe-se a criação de um Hostel, ou seja, alojamento de baixo custo, conceito moderno e cada vez mais apreciado pelas camadas jovens, e não só. Assim, aproveita-se o requinte do edifico e o seu belíssimo enquadramento urbanístico para atrair visitantes para Pombal.

A segunda subproposta do INPombal vai ao encontro das valências que no passado foram propostas para a então Casa da Juventude, sendo que agora as mesmas são sugeridas colocar no complexo de edifícios do Centro Cultural se Pombal / Celeiro do Marquês. Propõe-se para estes espaços uma sala de ensaios (acessível a todos os jovens do concelho, designadamente aos que compõe a chamadas “bandas de garagem”), um espaço de exposições dos mais variados trabalhos artísticos dos pombalenses e ainda um espaço de projecção, por exemplo para o visionamento de curtas metragens. Noutro espaço contíguo sugere-se ainda a criação de uma sala de estudo, com espaço internet e uma mini sala de conferências.

O INPombal foi apresentado esta tarde em Assembleia Municipal pelo deputado municipal e Presidente da JSD Pedro Brilhante. A JSD entendeu assim responder ao repto do Senhor Presidente de Câmara de incentivo à apresentação de ideias para o espaço da Casa dos Varela, indo contudo mais longe, apresentando um projecto amplo e integrado que responde às necessidades dos jovens de várias faixas etárias e, sendo implementado como esperamos, trará a Pombal uma nova vida e e uma nova e única dinâmica. Mais uma vez a grande (em número e em qualidade) equipa da JSD Pombal ousou pensar e propor a bem de Pombal e das suas gentes. Que orgulho!

João Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *