(I)Literacia financeira

[dropcap size=”500%”]A[/dropcap]

iliteracia financeira está presente de uma forma muito significativa no nosso dia-a-dia, prejudicando as deliberações que possam ser tomadas em contexto financeiro. Em 1997, Shagen definiu a literacia financeira como “a capacidade de fazer julgamentos informados e tomar decisões concretas tendo em vista a gestão do dinheiro”. Partindo desta citação, a iliteracia financeira pode ser explicada como a falta de conhecimentos que suportam a aptidão de concretizar avaliações informadas e claras acerca da saúde financeira de cada indivíduo.

As principais causas da iliteracia financeira são a baixa formação académica e a falta de conhecimentos dos produtos bancários. As escolas têm um papel crucial no combate a esta preocupante condição devendo proporcionar aos alunos aulas e formações que as esclareçam financeiramente.

Foi criado um plano nacional de formação financeira para conseguir combater esta problemática que nos afeta diariamente. Nesse plano está incluída a plataforma “Todos Contam”, que disponibiliza informação e ferramentas úteis para a gestão das finanças pessoais e apresenta informação de apoio às decisões inerentes a diferentes etapas da vida.

Todo o cidadão tem o direito à informação, para assim poder tomar decisões mais conscientes e mais favoráveis para a sua saúde financeira.

José Eduardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *