Câmara de Lisboa: um risco ou uma alavanca política ?

[dropcap size=”500%”]A[/dropcap]ssunção Cristas candidatar-se à Câmara Municipal de Lisboa não é, de certa forma, uma autêntica surpresa. No entanto, o seu resultado (e do seu partido) nestas autárquicas poderão ter efeitos nas próximas legislativas, sejam eles positivos ou negativos, e mesmo a sua posição no partido pode ser reforçada ou enfraquecida.


Isto porque, relembrando a história deste partido, Paulo Portas (cuja personagem será sempre um motivo de pressão para Assunção Cristas) era, tradicionalmente, um candidato assíduo a estas eleições, o que traz a seguinte pergunta: Terá Assunção Cristas “estofo” suficiente para carregar este legado no que toca ao combate político ? As opiniões dividem-se, mas o que é certo é que a mais recente líder do Partido Popular já conta com o apoio do líder social democrata, Passos Coelho, o que poderá eventualmente ser interpretado como uma coligação futura nas próximas eleições.

Quanto ás consequências nas legislativas, estas são fáceis de adivinhar: se obtiver um bom resultado e eventualmente ganhar a Câmara de Lisboa, o CDS/PP ganha um grande balanço no próximo duelo político podendo ganhar mais terreno à oposição, no entanto um fracasso nas autárquicas irá trazer a desconfiança no seio do partido, enfraquecendo a posição de Assunção no partido e a própria imagem do mesmo no panorama político nacional nas legislativas.

Thomas Simões

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *